Destaque

10/10/2019

Parque de Vila Velha será cenário de festival de balões

Decolagens ocorrerão em área restrita do parque, em dois momentos: 7h30 e 16h30. A entrada será gratuita para a área de decolagem, mas a capacidade será limitada a 800 pessoas.

 

O Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, será cenário neste domingo (13) da 1ª Revoada de Balões. Serão 15 balões de diversos tamanhos e formatos, a maioria produzida no Estado. As decolagens ocorrerão em área restrita do parque, em dois momentos: 7h30 e 16h30. A entrada será gratuita para essa área, mas a capacidade será limitada a 800 pessoas.

Por se tratar de um evento experimental, que visa mostrar a viabilidade de se implantar voos permanentes de balões no parque, não será permitida a participação do público nos voos.

Márcio Nunes, secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, destaca que o evento pode ser um marco para o Paraná. “Irá mostra o potencial turístico que o parque e a região dos Campos Gerais possuem. O turismo no Estado é uma grande mola de desenvolvimento e geração de renda e precisa ser explorado com uma boa estrutura e qualidade aos turistas”, afirma.

“A ideia é proporcionar uma nova frente de divulgação da cidade, em particular do Parque Estadual de Vila Velha, principal produto turístico de Ponta Grossa”, completa o secretário municipal de Turismo, Edgar Hampf.

Vila Velha passa por um processo licitatório. O intuito é repassar a gestão das lanchonetes, dos ingressos, do estacionamento e dos passeios para a iniciativa privada, com potencial de economia de R$ 4 milhões por ano aos cofres públicos. O evento com balonismo servirá para que as empresas interessadas em investir no parque conheçam de perto o potencial turístico do local.

A visitação das demais áreas segue a programação normal, de acordo com o regulamento de visitação e os preços estabelecidos pelo Parque Estadual.

CONCESSÃO - A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo publicou no começo de setembro o edital do processo de concessão do Parque Estadual de Vila Velha. A disputa é dirigida a empresas interessadas em investir na melhoria da estrutura do parque e do seu entorno, potencializando os atrativos turísticos do local, e está aberta até 23 de outubro.

Serão concedidas as áreas de venda de ingressos de entrada e dos atrativos; controle e cobrança de estacionamento; transporte interno; alimentação; gestão do Centro de Visitantes e da Loja de Conveniência; monitoramento do uso público nas trilhas e nos atrativos; e segurança patrimonial. Também podem ser oferecidas atividades como mountain-bike, balonismo, campo de desafios, arvorismo e outras.

O parque de Vila Velha foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, tem mais de 3 mil hectares e diversas atrações, entre elas os arenitos, furnas e a Lagoa Dourada. De janeiro a julho deste ano, 34 mil pessoas visitaram o local - média de 4,8 mil por mês. O parque recebeu mais de 65 mil visitantes em 2018.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou neste ano o projeto de lei que autoriza o Governo a conceder a exploração de uso, total ou parcial, de áreas comuns nos 64 parques estaduais e nas unidades de conservação do Estado. A medida é importante para fomentar o turismo e gerar novos atrativos no Paraná em parceria com a iniciativa privada.

BALONISMO – O balonismo é uma das modalidades dos Jogos de Aventura e Natureza, lançados pelo Governo do Paraná neste ano. São 29 modalidades esportivas e disputas que acontecem em 26 municípios. As cinco etapas da competição (três já aconteceram) reunirão 200 mil pessoas, entre atletas, dirigentes de federações esportivas e a comunidade que acompanha as disputas.

 

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em:
https://www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo/

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.