Destaque

12/12/2018

Governo do Estado lança o portal “Conexão Ambiental”

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, em parceria com a Celepar, lançou nesta terça-feira (11) o portal “Conexão Ambiental”, em cerimônia no auditório do Instituto Lactec, em Curitiba.

A nova ferramenta foi desenvolvida em plataforma colaborativa com o objetivo de difundir o conhecimento em relação ao meio ambiente do Estado, além de promover a educação ambiental e incentivar o cuidado com a natureza.

Além dos principais programas e ações do Governo, o portal disponibiliza uma série de conteúdos como notícias, agenda de eventos e boas práticas, por exemplo.

Para o secretário estadual do Meio Ambiente, Antonio Carlos Bonetti, a solução para os problemas ambientais passa pela mudança de comportamento da sociedade, por meio da propagação do conhecimento.

“Encerro minha gestão à frente da Secretaria do Meio Ambiente anunciando essa iniciativa de sucesso e deixando como herança mais um produto para a sociedade paranaense, capaz de servir como ferramenta para a educação ambiental formal e não formal, e auxiliar na conscientização das pessoas sobre a importância de conservar e recuperar o ambiente natural em que vivemos”, disse Bonetti.

Segundo a coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria, Mariese Muchail, a meta é a construção de um ambiente democrático, com a participação efetiva de toda a sociedade em prol das boas práticas ambientais.

“O portal foi desenvolvido em uma plataforma colaborativa para que governo, comunidade acadêmica, iniciativa privada, terceiro setor, entidades de classe e a sociedade civil possam contribuir com a formação de cidadãos mais sensíveis às questões ambientais”, afirmou Mariese.

O portal pode ser acessado no endereço www.conexaoambiental.pr.gov.br

 

REVISTA ATLÂNTICA - Durante o evento foi distribuída publicação editada pela Coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria, material informativo que trata sobre o bioma Mata Atlântica, trazendo dados sobre as principais características de fauna e flora, a situação dos remanescentes e a importância da preservação, entre outras curiosidades. “A ideia é que a Revista Atlântica tenha periodicidade trimestral, com diferentes enfoques sobre o bioma Mata Atlântica, presente na maior parte do território de nosso Estado”, disse Mariese.

 

DETETIVES DA NATUREZA – Também foi apresentado um aplicativo para celulares denominado Detetives da Natureza do Paraná, destinado a estimular a observação e auxiliar no mapeamento da biodiversidade no Paraná.

Nele as pessoas tiram fotos da natureza, fazem o upload dessas imagens no sistema e os demais usuários ajudam na identificação das espécies de animais e plantas, contribuindo para o banco de dados ambiental.

Para utilizar basta fazer o download do aplicativo iNaturalist (gratuito), preencher o cadastro e procurar pelo projeto “Detetives da Natureza do Paraná”.

“Iniciativas como essas demonstram o espírito público dos profissionais da Secretaria do Meio Ambiente e são fruto de uma gestão eficiente, que pela primeira vez atua efetivamente em favor do meio ambiente”, afirmou o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente e de Habitação e Urbanismo do Ministério Público, Alberto Vellozo Machado.


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.