Destaque

30/11/2018

Paraná atualiza lista de aves ameaçadas de extinção no Estado

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos apresentou nesta quinta-feira (29) os resultados da revisão da Lista Vermelha de Aves Ameaçadas de Extinção no Paraná. O trabalho é objeto de convênio firmado entre a Secretaria, Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e o Parque das Aves, de Foz do Iguaçu, e foi feito com o objetivo de revisar a lista, processo que não ocorria desde 2004.

“Com a colaboração de técnicos das entidades envolvidas e significativa participação da sociedade, o trabalho foi desenvolvido com muita qualidade e em tempo recorde, um modelo a ser seguido pelos demais segmentos da área ambiental do Estado, onde Governo e iniciativa privada trabalharam juntos em benefício do meio ambiente”, disse o secretário estadual do Meio Ambiente, Antonio Carlos Bonetti.

O trabalho foi desenvolvido em três etapas. Inicialmente, foi feita uma consulta popular,por meio de uma plataforma aberta e livre na internet. Em seguida, as comunidades científica e de ornitólogos do Paraná fizeram a compilação e avaliação dos dados. A etapa final foi a elaboração e publicação da Lista Vermelha, oficializada no dia 22 de novembro com a assinatura do Decreto 11.797, pela governadora Cida Borghetti.

Todo o processo foi mediado e executado pela Hori Consultoria Ambiental, coordenada por Fernando Straube e Alberto Urben Filho, ornitólogos paranaenses com ampla experiência na supervisão da criação de listas vermelhas.

“Para o Estado é excelente, pois contamos a partir de agora com material científico sobre espécies ameaçadas, que servirá de base para criação de políticas públicas voltadas à proteção, possibilitando a implementação de programas e ações voltadas para educação ambiental, com o objetivo de sensibilizar a sociedade no sentido de conservar espécies tão importantes para a fauna de nosso Estado”, destacou a coordenadora de Biodiversidade e Florestas da Secretaria do Meio Ambiente, Sueli Naomi Ota.

LISTA VERMELHA – O documento tem o objetivo de identificar as espécies em risco e informar o grau de ameaça, além de constituir base legal para promover a proteção das espécies ameaçadas de extinção. Ao estabelecer um ranking das aves que mais precisam de proteção, a lista fornece subsídios para que as intervenções do poder público sejam mais efetivas na conservação de cada espécie.

NO PARANÁ – As Listas Vermelhas de Espécies Ameaçadas foram criadas em 1964 pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN – International Union for Conservation of Nature). O Paraná é o primeiro estado brasileiro a contar com legislação destinada à proteção da fauna e da flora (Lei nº 11.967 de 17 de fevereiro de 1995), que resultou na Lista, com 117 espécies de aves listadas. O primeiro processo de revisão da lista ocorreu em 2004, quando 169 espécies foram consideradas sob risco.

Segundo a diretora do Parque das Aves, Carmel Croukamp, a promoção desse este trabalho permitiu a identificação das espécies que mais precisam da nossa ajuda, além de possibilitar a proteção legal das aves do Paraná em risco de extinção.

Durante os levantamentos de campo foram avaliadas as 762 espécies de aves que existem no Estado, chegando ao final com a indicação de 118 espécies de aves com algum grau de ameaça, sendo que 11 já estão regionalmente extintas.

“É importante ressaltar que a atualização destes dados é de extrema importância para atender a demanda de revisão a cada 5 anos, principalmente por permitir maior eficiência nas ações de conservação”, afirmou Paloma Bosso, diretora técnica do Parque das Aves.

Participaram também do lançamento a diretora de Avaliação de Impacto Ambiental e Licenciamentos Especiais do IAP, Edilaine Vieira da Silva, o proprietário da Hori Consultoria Ambiental, Fernando Costa Straube, a bióloga Fernanda Braga (CBIO), e os ornitólogos Raphael Sobanya e Eduardo Carrano, que contribuíram na elaboração da Lista.

PUBLICAÇÃO - A publicação do Decreto e seus respectivos anexos (onde as aves estão listadas) pode ser acessada através do seguinte endereço eletrônico:

https://www.legislacao.pr.gov.br/legislacao/listarAtosAno.do?action=exibir&codAto=211323&indice=1&totalRegistros=272&anoSpan=2018&anoSelecionado=2018&mesSelecionado=11

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.