• Twitter
  • Facebook
  • RSS

Meio Ambiente

14/02/2017

Secretaria do Meio Ambiente vai aderir à iniciativa da ONU

O desempenho do Paraná em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma agenda mundial adotada em setembro de 2015 durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, foi tema de um encontro ocorrido segunda-feira (03) na sede da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, em Curitiba.

São 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030, com ações mundiais em várias áreas, dentre elas a ambiental. Entre os temas a energia, água, saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres e reversão do desmatamento, além de outros.

O encontro foi promovido pela Secretaria Especial para Assuntos Estratégicos e contou com a presença de servidores, técnicos e do próprio secretário Flávio Arns, além de toda a equipe de coordenadores da Secretaria do Meio Ambiente

Ficou estabelecido durante a reunião que a Secretaria estadual do Meio Ambiente vai assinar o termo de adesão aos objetivos sustentáveis, integrando o Movimento Nacional ODS Nós Podemos Paraná (MNODS-PR).

Flávio Arns destacou a importância da missão do Movimento. “Trata-se de uma rede de voluntários apartidária, ecumênica e plural que tem como objetivo articular e mobilizar os três setores da sociedade para promover o alcance dos ODS nos municípios, estados e união até 2030”, disse o secretário.

Para o secretário estadual do Meio Ambiente, Antônio Carlos Bonetti, o segredo está na descentralização das ações. “Além de conhecermos os ODS e a situação de seus indicadores no estado, devemos incorporá-los às políticas e planos de governo e articular os trabalhos com escritórios regionais”, afirma Bonetti.

Maiores informações sobre os ODS podem ser encontradas no site https://nacoesunidas.org/pos2015/ e sobre o Movimento Nós Podemos Paraná no seguinte endereço: http://www.fiepr.org.br/nospodemosparana/
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.